Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Aparecida do Taboado - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
09
09 NOV 2022
SAÚDE
Município é representado em Seminário de Prevenção do Câncer Bucal
enviar para um amigo
receba notícias

Aparecida do Taboado foi representada em Campo Grande, na Semana Nacional de Prevenção do Câncer Bucal, que teve como objetivos estimular ações preventivas e campanhas educativas relacionadas ao câncer bucal; promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de atenção integral aos portadores de câncer bucal; apoiar as atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol do controle do câncer bucal; e difundir os avanços técnico-científicos relacionados ao câncer bucal.

O evento, realizado pela Secretaria Estadual de Saúde, ocorreu no dia 7 de novembro, na sede do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul, e no dia 8, no Hotel Eco Parque do Lago, com a presença do odontólogo Dr. Cairo de Almeida Prado, representando o Município, onde foi confirmado que o maior desafio no combate ao câncer bucal é a desinformação sobre a doença. O câncer de boca, também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral, é um tumor maligno que atinge a estrutura bucal (gengivas, bochechas, palato e a língua).

O diagnóstico precoce é o fator principal para cura da doença, o que representa 95% de chance. Quando o paciente apresenta algum sintoma como dor ou dificuldade de mover a língua, que são dores mais avançadas, a chance de cura cai para 45%. Em estágio inicial, o câncer de boca é silencioso e não apresenta sintomas. Assim, a consulta com o cirurgião-dentista a cada seis meses é o ideal para avaliação e prevenção.

Tratamento - Na maioria das vezes, o tratamento é cirúrgico, tanto para lesões menores, com cirurgias mais simples, como para tumores maiores. A cirurgia consiste na retirada da área afetada pelo tumor, associada à remoção dos linfonodos do pescoço e algum tipo de reconstrução, quando necessário.

Em lesões mais simples, muitas vezes é necessário apenas retirar a lesão, já em casos mais complexos, além do tratamento cirúrgico, é preciso realizar radioterapia para complementar o tratamento e obter melhor resultado curativo. Em todas as etapas do tratamento é importante a participação de vários profissionais de saúde, visando a prevenir complicações e sequelas.

Prevenção - Além de boa higiene bucal, cuidados simples como evitar o fumo; o alto consumo de bebidas alcoólicas; usar preservativo na prática do sexo oral; manter uma alimentação rica em legumes, verduras e frutas; estar atento a mudanças na coloração ou no aspecto da boca são essenciais para evitar a doença.

Também estiveram presentes no evento, a presidente do CRO-MS, Silvânia Silvestre, e a Coordenadora de Saúde Bucal de MS, Marcia Regina F. Issa Malacrida.

Fonte: Fotos DICOM
Autor: Camila Helem de Jesus - Diretoria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia