Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Aparecida do Taboado - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
02
02 AGO 2022
Com panfletagem foi lançada a Campanha Agosto Lilás em Aparecida do Taboado
enviar para um amigo
receba notícias
A Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Projeto OAB Por Elas, Rotary Club, Interact Club, CREAS e CRAS lançaram na segunda-feira (1/8), com panfletagem no Semáforo Central, a campanha “Agosto Lilás”, com o objetivo de discutir temas relacionados ao enfrentamento da violência contra as mulheres em suas diversas formas.
As atividades coincidem com o aniversário da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06), considerada legislação de referência em todo o mundo no combate a esse tipo de violência.
Confira a programação completa do mês:
4 de agosto:
  • 10h30 (BR) ocorrerá a participação das advogadas Dra. Tamiris Nicolete e Dra. Alyne Alves, da Psicóloga Ana Carolina e da Assistente Social Tamara Nicolete no podcast “Voz Ativa News”, da Escola Estadual “Georgina Oliveira Rocha”.
8 de agosto:
  • Palestra para a equipe da Assistência Social com a Dra. Rilker Dutra de Oliveira, advogada e professora universitária, mestre em direito e secretária geral da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres e meninas de Paranaíba.
15 de agosto:
  • Pedal com a mulheres, com saída da Praça da Rodoviária às 16h00, e término na Praça São Cristóvão.
De 22 a 30 de agosto:
  • Palestras nas ESF’s, com início às 7h30min (BR), sendo dia 22 no Jardim do Lago, dia 23 no Jardim das Flores, dia 24 no Jardim Primavera, dia 25 na Vila Pereira, dia 26 na São Jerônimo, dia 29 na Vila Barbosa e dia 30 na UBS Manoel Rodrigues da Silva – Postão.
Finalizando a campanha no dia 31, haverá uma caminhada pelo comércio, com saída da Praça da Matriz e término na Praça Três Marias.

REDE E PROTEÇÃO - A rede para assistir as vítimas de violência doméstica e familiar é formada por várias instituições. A mulher que se sentir ameaçada ou for agredida pode procurar a Delegacia de Polícia Civil, o Ministério Público, o Poder Judiciário ou ligar para o 190 da Polícia Militar, e também para o CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social (67) 3565-5893 e whatsApp: (67) 99645-3436.
Fonte: Fotos DICOM
Autor: Diretoria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia