Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Aparecida do Taboado - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
01
01 JUN 2022
Audiência Pública da Saúde destaca atuação de 11 especialidades médicas
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura Municipal de Aparecida do Taboado, através da Secretaria de Saúde, realizou audiência pública no dia 31 de maio para prestação de contas do 1º quadrimestre do setor de Saúde. A medida cumpre determinação prevista na Lei Complementar 141/2012, que traz em seu Art. 36: “O gestor do Sistema Único de Saúde, em cada ente da Federação elaborará Relatório detalhado referente ao quadrimestre anterior”.

Com isso, foram apresentados o montante e a fonte dos recursos aplicados no período; auditorias realizadas ou em fase de execução no período, e suas recomendações e determinações; bem como a oferta e produção de serviços públicos na rede assistencial própria, contratada e conveniada, cotejando esses dados com os indicadores de saúde da população em seu âmbito de atuação.

A audiência foi ministrada pela secretária de Saúde, enfermeira Daiane de Souza Pupin, que esmiuçou o trabalhou prestado pela pasta nos primeiros 4 meses do ano. Segundo dados apresentados pela gestora, nas ESF´s –Estratégias de Saúde da Família, estão cadastradas 7.951 famílias, pleiteando a implantação da ESF Rural. Pelos 45 agentes de saúde foram realizadas 38.884 visitas domiciliares.

Na UBS Manoel Rodrigues da Silva (Postão) contabilizou 10.251 procedimentos, entre exames laboratoriais, aferição de PA, consultas médicas e exames rápidos para a Covid-19.

Em apoio às Estratégias de Saúde da Família, a Prefeitura oferece 11 especialidades médicas na rede pública de Saúde em Aparecida do Taboado, que juntas somaram 4.057 consultas realizadas no período, incluindo oftalmologia, ginecologia/obstetrícia, cardiologia, psiquiatria, ortopedia, pediatria, neurologia, urologia, gastro, ultrassonografia e dermatologia. Já os exames de média e alta complexidade totalizaram 3.820 realizações.

Na área da odontologia, foram realizados 3.725 procedimentos em saúde bucal nas ESFs mais 876 no Centro de Especialidades Odontológicas - CEO ‘Dr. Leozório Rodrigues de Almeida Neto’.

O CAPS – Tião Lapa registrou 2.363 atendimentos, entre acolhimentos, consultas médicas (psiquiatria), atendimentos domiciliares, terapia, consulta de psicologia, entre outros.
Na Assistência Farmacêutica, o Município voltou a registrar números altos, com a entrega de 813.092 medicamentos pactuados; 151.814 não pactuados; 38.530 medicamentos do componente especializado; 6.620 fraldas geriátricas; 8.830 medicamentos de ação judicial e 70 suplementos alimentares.

A Vigilância em Saúde também apresentou números que chamam a atenção. Na Vigilância Sanitária foram registradas 421 emissões de licença sanitária; 75 castrações de cães e gatos machos; 104 denúncias com apuração; 123 ações de fiscalização ao decreto relacionado à pandemia; 48 exames de Leishmaniose e 68 processos de eutanásia.

Já no Controle de Vetores foram contabilizadas 28.624 visitas em imóveis e 68 visitas em pontos estratégicos, com 1.13% de índice de infestação do Aedes Aegypti e 0,75% de infestação Aedes Albopictus; registrando 481 casos notificados de Dengue. Com isso, foram tratados 394 quarteirões com bloqueio e 1.179 com LECO (UBV). Vale destacar ainda que 24 toneladas de pneus foram recolhidas para reciclagem através do Ecoponto.

O setor de transporte fechou o quadrimestre com 679 viagens realizadas e 3.222 pacientes transportados para Campo Grande, Paranaíba, Barretos, Jales, Três Lagoas e outras cidades.

FESAT - O que também chamou a atenção durante a prestação de contas foram os atendimentos realizados pela Fundação Estatal de Saúde – FESAT. Nos primeiros 4 meses do ano, o hospital registrou 618 internações, 12.518 consultas atenção especializada, 5.131 atendimentos de urgência, 305 ultrassons, 933 eletrocardiogramas, 1.091 tomografia e 7.878 administrações de medicamentos. Também foram realizados 112 partos, entre cesarianas (72) e partos normais (40); 97 cirurgias (eletivas gerais, ortopédicas e pequenas cirurgias), e 64 viagens para transporte de pacientes em estado crítico.

Na ocasião o secretário de Fazenda e Planejamento Juner Cesar Pereira da Costa, apresentou os dados financeiros do setor de Saúde no primeiro quadrimestre (Janeiro a Abril) de 2022.
Fonte: Fotos DICOM
Autor: Diretoria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia